O Líder na Gestão de Conflitos nas Equipes.


Nos dias de hoje os conflitos nas equipes de trabalho são comuns.

Vivemos num ambiente de globalização, aumento do estresse, diversidade cultural, metas intangíveis impostas pelo mercado, choque de gerações no ambiente corporativo e muitos outros fatores indutores de conflito dentro da organização.

Vivenciar e interpretar o cada indivíduo e sua equipe é um desafio constante para as lideranças. Os conflitos nascem de natureza diversa e os fatores comuns existentes neles são três: estresse, pouca cooperação e menos coesão.

Quando esses fatores não são gerenciados, os conflitos surgem e como todos os problemas, devemos nos focar em uma solução rápida e eficiente para que os mesmo não se tornem motivos destrutivos da equipe e da instituição.

Entre os estilos de conflitos que vivenciamos dia a dia podemos enfatizar o comportamento de fuga, que é uma reação a um conflito, ignorando o problema, sem que se faça nada a respeito, ignorando o problema ou não dando ênfase ao desacordo.

Outra forma que observamos é o comportamento de acomodação. Este é um estilo de conflito que significa cooperar para os interesses da outra parte, mas não ser assertivo a respeito dos próprios interesses.

O acordo envolve uma atenção moderada aos interesses de ambas as partes, não existindo nem cooperação, nem assertividade em grande escala. Esse estilo resulta na satisfação, mas não na maximização das soluções.

A competição é uma resposta altamente competitiva na qual as pessoas se concentram estritamente em seus próprios desejos e não estão dispostas a reconhecer os interesses dos outros. Finalmente a colaboração enfatiza tanto a cooperação como a assertividade onde a mera é maximizar a satisfação para ambas às partes.

Diferentes situações exigem abordagens diversas e o conhecimento da equipe, da personalidade de cada colaborador é o que vai determinar o comportamento e a atitude do líder na solução do conflito.

Não existe uma regra geral na solução de conflitos, mas sim uma habilidade de detectar qual o estilo do conflito e como solucioná-lo. Sendo assim é fundamental que todas as organizações preparem seus líderes para desenvolver, motivar e gerir conflitos no ambiente de trabalho.

Doutor em Pediatria pela UNESP - Faculdade de Medicina de Botucatu, Mestre pela UEL - PR, Especialista e Graduado pelo Centro Universitário Barão de Mauá, Palestrante do Banco de Talentos da Academia do Palestrante - São Paulo. Professor Adjunto das Faculdades Adamantinenses Integradas. Professor convidado da Pós-Graduação em Administração da FGV - São José do Rio Preto, Professor convidado da FGV Management. Atuante em Palestras, Processos de Treinamentos e Consultoria Organizacional, Execução de Processos de Motivação e Apoio ao Desenvolvimento de Lideranças em várias empresas na Área de Gestão de Pessoas.

3 Comentários em “O Líder na Gestão de Conflitos nas Equipes.

  1. Isso tem que ser amenizado de qualquer maneira, devemos ser responsáveis, pelo nosso trabalho e agregar valores com outros profissionais envolvidos ,deixando fora, os problemas pessoais de cada um,quando se trabalha em um ambiente tranquilo, e o profissional é valorizado, ele precisa retribuir da melhor maneira possível com seu desempenho e produção , deixando de lado as divergências, sejam elas qual forem.

  2. Concordo com a Alda e somo ainda as vaidades agussadas dos indivíduos, são os principais causadores destes conflitos, as decisões nestes casos acabam sendo tomadas pela simpatia de alguém ou uma idéia e não pela real visão de um negócio ou daquilo que é importante para o grupo geral, a intolerância diante de fatos simples e rotineiros gerados pelo “individualismo” acabam por prejudicar a todos.

  3. Penso que a disputa por melhor posição na empresa aliada ao individualismo exacerbado são importantes causas de conflitos. Falta de visão de equipe, desrespeito dos novos profissionais pelos mais experientes e vice versa, cuja cooperação recíproca aliando renovação à experiência seria muito saudável para a organização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *