Eleanor Roosevelt disse uma vez, “Um bom líder inspira às pessoas a ter confiança no líder, um grande líder inspira às pessoas a ter confiança em si mesmas”.

Tornar-se um grande líder, realmente, não é tarefa fácil. Conduzir, inspirar e motivar com sucesso uma equipe, nos altos e baixos do negócio, é sem dúvida um dos maiores desafios que enfrenta um líder.

Muito se fala sobre liderança e como desenvolvê-la, porém, ainda é uma das posições menos atingidas pelos gestores e muito poucos estão preocupados em desenvolvê-la. Por quê?

Ainda nos tempos de hoje, as empresas estão mais preocupadas em desenvolver seu produto ou serviço, resolver seus problemas financeiros, promover, divulgar e vender seus produtos; do que preparando seus gestores para, não só mandar, mas comandar a própria equipe. Assim como também, encontrar a melhor equipe para sua organização.

É evidente que as habilidades e os talentos necessários para levar uma equipe na direção certa, não são simples, e nem todo mundo está determinado e preparado para desenvolver o necessário.

Para quem deseja ou pretende desenvolver essas habilidades, vamos lhe oferecer 10 dicas fundamentais que alguns líderes de sucesso de grandes companhias, utilizam no dia-a-dia, e podemos nos basear nelas para nos encaminhar nessa direção:

1. Monte uma Equipe Dedicada.- A equipe precisa estar comprometida com o líder e com a missão da empresa. Líderes bem sucedidos não só devem ter um bom relacionamento social com seus liderados, também devem ter o know-how para contratar de forma eficaz uma equipe. Por exemplo: “Uma ideia fantástica para um negócio, simplesmente não é suficiente, o líder deve ser capaz de identificar, atrair e reter talentos que poderão transformar o conceito do negócio em um sucesso”.

2. Seja muito Comunicativo.- A comunicação é fundamental! Mesmo com uma equipe pequena, chega a ser difícil que todo mundo saiba o que cada um está fazendo. Em um esforço para ser realmente comunicativo, o líder pode compilar uma atualização dos acontecimentos semanais da empresa, e mandar por e-mail para toda a equipe, como se fosse uma newsletter. “Minha equipe sempre se surpreende com todas as notícias boas que mando a cada semana”, faz todo mundo sentir que forma parte do negócio, mesmo em tempos difíceis”, diz Bates.

3. Não Assuma.- Quando se conduz uma equipe, o líder pode assumir que todos já compreendam os objetivos e a missão da organização, e de fato poderiam. Porém, “todo mundo precisa ser lembrado aonde a empresa está indo e as coisas que vão aparecer quando chegarem lá”. É comum os funcionários se perguntarem: O que tem nessa empresa para mim? É muito importante que a equipe conheça bem essa resposta.

4. Seja Autêntico.- Bons líderes transmitem sua personalidade e crenças na sua organização. “Se você for você mesmo, e não tentar agir como outra pessoa, e se rodear de pessoas que estejam alinhadas com seus valores, seu negócio tem mais chances de ter sucesso”. “Cada empresa é diferente e cada empresário tem sua própria personalidade”. “O líder precisa ser autêntico, atrair as pessoas certas para sua organização, funcionários e clientes.”

5. Conheça os Limites.- A maioria dos empresários são otimistas e acreditam que estão conduzindo o negócio em direção dos seus objetivos. Mas, quem não conhece os limites é um líder míope. “O líder precisa saber aonde está indo, e ser capaz de mudar rapidamente a direção das coisas”. “É loucura pensar que só porque alguém tem essa energia e entusiasmo, que vai ser capaz de conquistar tudo. É muito mais inteligente esperar ou dar um passo para trás, do que descobrir na frente um monte de obstáculos que poderão tirá-lo do caminho”.

6. Crie Acordos.- As novas equipes, antes mesmo de descobrir quem são, querem saber aonde estão indo, e quem vai orientá-las na sua estrada. Por isso, chamar uma equipe e dar-lhe suas tarefas claras, não significa que a equipe terá sucesso. “É importante criar um conjunto de acordos que afirmem claramente o que a equipe irá realizar, porque é importante, como a equipe irá trabalhar em conjunto, para alcançar os resultados desejados. O Acordo fornece um registro de pautas comuns, que devem ser modificadas conforme o crescimento da empresa e/ou a mudança das necessidades da equipe.”

7. Acredite no Time.- Os líderes empresariais devem ajudar o time a desenvolver confiança, especialmente em tempos difíceis. Como Napoleão Bonaparte dizia: “Os líderes são negociantes de esperança”. Essa confiança vem em parte de acreditar na sua equipe. ”O ´líder precisa pensar na equipe como 10, tratá-los como 10, e em troca, eles executarão as coisas como 10. Por outro lado, acreditar nas pessoas não é suficiente, o líder tem que ajudá-los a vencer.”

8. Divida o Crédito.- Um bom vendedor sabe que o som mais doce no mundo é: O som do seu nome na boca de uma outra pessoa. Porém, muitos empresários sentem tanto amor por suas próprias ideias, que esquecem de dividir o crédito do sucesso com sua equipe. “Um grande treinador sempre dá o crédito aos seus jogadores”.

9. Mantenha a Equipe Comprometida.- Grandes líderes dão desafios a suas equipes e as levam motivadas, diz o especialista em liderança Stephen Covey. Ele deu o exemplo de uma pequena pizzaria que estava matando uma cadeia grande de fast-food. O dono da pizzaria era um verdadeiro líder, disse ele. Toda semana o dono da pizzaria reunia seus jovens funcionários e lhes perguntava: O que podemos fazer nesta semana que nunca fizemos antes…? Os jovens inovaram: eles enviaram mensagens de texto a todos seus amigos para receber uma pizza especial, levaram a máquina de cartão de crédito para a rua e os motoristas podiam comprar a pizza nos faróis, carregaram uma van com pizzas e as venderam durante um jogo universitário. E os mais importante, o dono da pizzaria nunca teve problemas com a rotatividade dos funcionários.

10. Mantenha a Calma.- Um líder tem que poupar à sua equipe de situações alarmantes de curto prazo. Isso é particularmente importante quando o ambiente econômico não é favorável. “Vejam como empresas como  Apple, GE e Federal Express, cresceram durante épocas de recessão, realmente admirável”.

Médico especialista em Administração Hospitalar e Marketing em Saúde. Autor do composto "10 P's do Marketing em Saúde". Professor do curso online Marketing Estratégico para Clínicas e Empresas de Saúde. CEO da HMDoctors, Assessor da Stratas Partners (Suíça) para o acesso ao mercado hospitalar brasileiro, Consultor de Gestão de Carreira e Marketing Médico, e Revisor de artigos e publicações sobre Gestão, Empreendedorismo e Marketing em Saúde para a revista eletrônica Gestão e Saúde da Universidade de Brasília - UNB. Formado em medicina com pós graduação em epidemiologia, formado em administração hospitalar e MBA em organizações hospitalares e sistemas de saúde pela FGV. 16 anos de experiência em hospitais públicos, privados, institutos de pesquisa clínica e consultor para empresas nacionais e multinacionais.

4 Thoughts to “10 Dicas de Líderes de Sucesso.”

  1. Elma Barbosa

    Excelente texto, mestre!

  2. Veronica Arruda

    Sua equipe tem que ter certeza que mesmo quando seu líder não tiver determinada resposta ou solução, ele vai buscar a informação e ainda vai te ensinar!!!!!!!!!! Vocês aprendem juntos….

  3. Veronica Arruda

    Sua equipe tem que sentir que em momentos de dificuldade, seja com sistema, com um cliente irritado, com médico difícil, com um gerente arrogante, não importa ele sabe que quando menos esperar seu líder surge, assume a situação e ainda te ensina, para que na próxima vez você consiga resolver.

  4. Veronica Arruda

    Estou preparando minha monografia sobre liderança 360 graus.
    Sempre trabalhei na área de saúde, iniciei como atendente de recepção, Recepcionista, Encarregada, Supervisora e gerente. Amo este trabalho, principalmente o fato de estar sempre cercada de pessoas, sejam colaboradores, clientes, outras gerências, fornecedores e parceiros.

    É difícil definir nosso trabalho, nossas deficiências e qualidades (ou pontos fortes).
    De uma coisa sei, que não importa a empresa, sua cultura ou tipo de pessoa, consigo bom relacionamento com todos, e consigo sempre a colaboração de todos não importa o setor, e principalmente nesta área lidar com médicos (amo muito meus médicos), e olha que não sou médica, mas graças a Deus, consegui ao longo dos anos criar um vínculo de confiança e onde vou, eles vão também.
    Abçs

Leave a Comment